!-- SCM Music Player http://scmplayer.co --> expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Páginas

Foge comigo ?

Que tal se nós fugirmos hoje a tarde? Fico pronta em 40 minutos e já vou sem batom.. Eu tô carente do teu beijo, aquele beijo de corpo todo, com a boca, a alma e os sonhos, que instantemente furta meus pés do chão. Eu tô carente de ver as cores do teu olhar bem de perto, com vista de cima e depois de baixo. De saborear cada sorriso teu, cada risada abafada e criminosa de quem está matando tempo útil em algum cantinho sem barulho de cidade.

E se nós desligarmos os celulares por um par de horas? Daí a gente se aconchega tranquilos no sofa , e divide histórias bizarras do passado, de noites e amores que fracassaram, de distância e até de saudade.
Um dia de folga, longe de buzinas, escritórios, Internet ou relações frustradas. Apenas nós dois e uma playlist daquelas musicas que voce sempre me manda . Sem urgências, sem mentiras. Como sempre foi. Eu tô carente de sinceridade e reciprocidade e isso, meu bem, encontro escondida contigo, misturando aventura e embriaguez. Ando carente de ser eu mesma, aquela versão que vai ser capaz de decifrar à quilômetros, entorpecer a centímetros e moldar mais um pouco a cada despedida. Então que tal a gente abandonar os compromissos de hoje e fugir pra um canto secreto?
Quem sabe já não leva uma ou duas mudas de roupas, e esticamos o passeio até uma fronteira interestadual, só pra ficar de bobeira vendo o sol derreter pelo retrovisor. Então, antes de voltarmos à vida real, e pagar pela negligência da fuga da agenda do tédio, fala baixinho ao meu ouvido que corresponde desde o princípio, e que no nosso silencioso acordo nunca existiu saudade unilateral. eu só quero que nossa fuga seja diária, sem perder a graça ou o disparar do coração. Sem virar rotina..
Quem sabe a gente não se encontra hoje, para renegociar nosso termo de parceria? E então fugimos desse medo de se apegar e sofrer de novo, para dificultar o trabalho da saudade, que ultimamente não tem tirado folga.

Ausencia não Mata

Eu sei que dói. Começa como uma dor simples, um coração incomodado que bate descompassado e aos poucos você sente um vazio por dentro. Já tive meu coração quebrado mais vezes do que posso te contar, mas o que eu queria que você soubesse é que vai passar. Se tem algo que você deve acreditar agora é nisso: vai passar. Toda pessoa que se permite sentir e, inevitavelmente, cria expectativa passa por isso, você não está sozinho. Isso é só mais uma fase. Seu coração não vai doer pra sempre. Coração quebrado dói, mas sempre ensina, então vê se aprende.
Seu corpo vai doer, às vezes vai parecer que você está carregando o mundo nas costas, mas isso é apenas mais uma dor muscular que aos poucos com um relaxante é curada. Ficar na cama maratonando séries será sua maior vontade e seu aliado será um pote de sorvete. Dizem que ajuda no processo da cura e minha dica é o de flocos. Clichê, eu sei; verdade também..
Algumas vezes você vai se deparar olhando para o nada por horas, os olhos estarão fixos na parede branca do seu quarto, mas o pensamento estará há 20 quilômetros de distância, onde várias memórias de vocês juntos marcaram presença.. Você lembrará daqueles olhos castanhos claros fixos nos seus, ainda escutará a sua voz pedindo para que ele não a encare assim, ele sabia a forma certa de te desconcertar. Você sentirá o cheiro dele e respirará fundo mais uma vez na falsa tentativa de não esquecer, lembrará do toque daquelas mãos torcendo para sentir mais uma vez. Isso tudo é o que acontece entre um piscar de olhos e outro.
A tentativa de se mostrar forte e inteira por fora o tempo todo é praticamente inválida, já que por dentro tudo que você tem é uma bagunça de sentimentos e vários pedaços partidos. Não perca seu tempo fingindo estar bem mesmo com a partida de alguém que prometeu ficar. Se um coração nunca se quebra, não há prazer em consertá-lo e vai por mim, você verá como é bom se reerguer depois disso.
Não tente preencher esse vazio aí com outras pessoas. Balada e bebida nenhuma vai resolver seu problema e você sabe disso. Pode até aliviar e anestesiar por um tempo, mas quando você chega em casa e deita a cabeça no travesseiro a realidade vem e te bate mais forte. Não viva sua vida esperando por um final feliz, comece a viver para ser feliz a vida toda. Não insista em se diminuir para caber no pouco e qualquer espaço que te foi oferecido.
Não insista naquilo que nunca foi para ser seu. Acelerar o relógio para se curar logo também não resolve, muito menos voltar no tempo para reviver aquele último beijo, seria tortura demais. Você precisa se reerguer sozinha. Você consegue. Toda essa saudade também vai passar e você vai voltar a ser quem era antes. Volta mais forte, mais firme, mais você. Você precisa aprender que a ausência de quem nunca quis ficar não mata.

Paciente Ingracado -

Meu Deus, ela é a mulher mais bonita que eu já vi em toda a minha vida. Cacete. Linda e com cara de quem não dá papo pra ninguém, adoro mulher assim. Linda, séria, cara de inteligente, mas que deve morrer de rir vendo o episódio do Festival da Boa Vizinhança do Chaves.
Pensativa. Profunda sem ser chata. Meu número! Compenetrada, fiz várias piadinhas, ela riu mas sem perder a compostura, sem perder o foco do trabalho dela. Adoro. Será que tem namorado? Não tem aliança, nao vi ela falando ao telefone. Se tiver namorado ele não deve dar muita atenção. Como eu puxo papo? Na cara de pau? Finjo alguma coisa? Já sei, vou inventar que conheço alguém que conhece ela. Minha memória é péssima mesmo, ainda se fosse verdade eu nunca lembraria o nome da pessoa.
Peço o telefone? Direto demais. Vou adicionar no Facebook do nada e puxar papo. É só não parecer muito psicopata. Linda, linda, Jesus Cristo. Se eu chamar pra jantar, será que ela aceita? Cinema é menos PAAAH do que jantar, não? Jantar tem um teor mais romântico. Caramba, mas cinema também. Pode assustar. Ela tem que perceber que eu quero ficar com ela, mas sem se assustar. O suficiente pra eu perceber que, se ela fugir, ela não quer nada comigo, mas se ela continuar a conversa, eu tenho alguma chance. Puta que pariu, que que eu faço? Facebook..Mas ela tem um nome diferente , MEU DEUS não consigo achar .
Meu, eu tenho três gatos, e se ela for alérgica a gatos? Google: “alergia a gatos tratamentos cura”. Merda, não tem cura, mas tem tratamento. Vou ligar pro meu médico pra saber como é. E se ela não gostar de gatos? Ah, isso se contorna, eu também não gostava. O toni é um gato fofo e carente, é ótimo pra tirar trauma de gente que tem medo de gato. Droga, a minha casa tá uma zona. Será que a Dora pode vir hoje fazer faxina? E se ela não puder? Será que ela indica outra pessoa?  Pra hoje ainda? Pelo menos eu troquei a areia dos gatos ontem. Ela tem cara de quem adora praia viajem. Merda, odeio praia. Mas eu acompanho, não tem problema. Tomara que ela não queira que eu entre no mar, me cago de medo. E se ela quiser viajar comigo? Eu não ando de avião! É ridículo demais admitir que eu não ando de avião ou eu finjo que não tem nada e vou na coragem?
Será que ela tem algo contra ter um filho com o nome de Luiz Fernando? Eu comecei a escrever por causa dele, queria fazer essa homenagem.Ela ja tem um ouvi mencionar o nome dele umas veses pra amiga do lado .Veraneio ou serra? Ela tem cara de praia mesmo, vai adorar o Rj! E meu jipe, será que vai agradar? É duro, desconfortável, mas eu pareço mais aventureiro nele. Eu sei que a maior aventura que eu já fiz com ele foi subir uma calçada pra fazer um retorno proibido, mas ela não precisa saber disso. Ela gostaria dos meus amigos? Vai reclamar do vídeo game? O que será que ela gostaria de ganhar de um ano de namoro? Nada caro, ela parece gostar mais de coisas feitas à mão, com carinho. E a lua de mel? Eu não ando de avião, tem que ser algum lugar mais perto. Vou falar que prefiro uma coisa aconchegante só pra não ter que andar de avião. Meus sapatos , droga estou parecendo um adolescente! Mas Luiz Fernando é um bom nome. Combinamos assim: se for homem, Luiz Fernando, se for mulher, ela escolhe. Mas e se ela for Rippie e gostar de nomes como Morena, Lua ou Shiva? Tá bom, tá bom, eu troco pelo Luiz Fernando.
Mas como eu puxo assunto? Meu Deus, o que eu faço? Telefone, não. Facebook, pode ser. Mas o que seria melhor? Telefone todo mundo pede, Facebook qualquer bêbado na balada tem coragem de pedir. Eu preciso de alguma coisa que faça ela aceitar Luiz Fernando e a lua de mel no RJ ! Alguma coisa diferente, que não me obrigue a ir lá falar com ela – porque eu sou tímido – mas que também não pareça idiota demais. Já sei, vou escrever um texto! 
Oie Louane ...

A mulher da sua vida , vai te dar trabalho

É uma chatice. É uma chatice das grandes ficar com a mulher que sabe o que quer. Essa vai dar trabalho…
Você fica triste por não dar conta de uma mulher assim, que não te vai dizer que sim a tudo, que vai torcer o nariz quando não for uma prioridade no teu fim de semana, que vai querer surpresas, que vai exigir interesse a toda a hora, que te vai obrigar empenho quando desanimar.
Ah, essa vai dar trabalho…ah mas vai dar cafuné, vai dar carinho de manhã e ao final do dia, vai desejar um bom dia de trabalho e um sono tranquilo no final do dia.
Essa menina… ela vai te surpreender, ela vai te cativar todos os dias com aquele jeito dela, meio louco meio apaixonado, meio fora de si mesmo.
Ela vai dar trabalho…mas bom você saber que ela vai aguentar a barra quando precisar. Ela vai suportar de boa, com fibra, essa mulher parece ter sido parida pela força! Essa menina é mulher poderosa!
Você gosta dela, você foi gostando a cada “patada” que ela te deu. Ela tem essência, tem atributos raros, aquela frontalidade que assusta, mas que depois ganha gostinho. Ela é detentora de personalidade forte, tem feitio agridoce. Mulher com tempero!
Você gosta dela, mas não sabe o que fazer dela! Como vai conseguir lhe pôr mão? Como vai ela caber nas tuas mãos, nos teus braços e não fugir mais? Você tem receio de amar alguém tão livre!
Você sabe que ela é dona de si, dona das suas vontades, dona do seu dinheiro, da sua independência, ela não precisa de ti, ela é completa. Você será capaz de a complementar.
Aquela mulher com jeito de menina e menina com jeito de mulher, te enlouqueceu. No meio da palhaçada você se esqueceu que tem vida para além dela, mas a vida sem ela já não é a mesma coisa, a vida sem ela, não tem assim tanta vida.
Essa menina vai dar trabalho quando no meio de uma briga ela espera que você saiba acalmá-la cheio de certezas. Essa vai dar trabalho quando não te pedir para sair com as amigas, apenas te informar.
Essa mulher vai dar trabalho, mas tem um monte de meninos que rezam por ter ela ao lado, e um monte de homens que estariam dispostos a largar tudo por ela. Portanto não vacila, a fila anda.
Se agarre nela com firmeza porque se você agarrar com força vai magoá-la, se agarrar de mansinho ela pode escapar.
Pega logo nessa menina que vai dar trabalho, ela vai te manter ocupado, mas vai te dar muitas alegrias, pega nela de uma vez, de uma só vez e faça dela tua mulher.
Essa menina, vai te dar trabalho, mas vai te deixar entretido para o resto da vida.
Essa menina vai ser a mulher da tua vida.

Se não puder ser assim ela não quer

Ela quer ser amada na incerteza, quando não for fácil, quando você estiver brigando e seus olhos estão avermelhados de emoção e frustração como numa tempestade por trás da porta...Ela quer ser amada naqueles momentos de dúvida, quando ela está te deixando louco. Ela quer adormecer e acordar sabendo que seu coração está seguro. Ela quer que você perceba que ela briga com você porque ela te ama, porque ela é lapidada como uma joia com muitas facetas, ela é uma mulher que nem sempre será simples...Ela quer ser amada através de suas ações, não dizendo “eu te amo”, ela quer ser amada especialmente quando você não está com ela, quando você está em um bar e ela está longe, e outra garota se aproxima de você, é quando ela quer que você a ame, porque esse é o verdadeiro amor que está morrendo, o romance de ter paciência, lealdade quando as coisas não estão funcionando no momento, o romance de não ter um olho vagando pelas chamadas “opções”, porque você sabe que isso é tudo besteira, que estas “opções” nem sequer existem.Ela não se importa com os grandes gestos de amor, ela não precisa de você para acender uma centena de velas, um jantar de cinco estrelas , essas coisas são legais, mas não é assim que você deve ama-la, você a ama não quebrando a sua confiança, você a ama por não procurar e nem encontrar o conforto ou valor no flerte com outra. Quando ela está longe, quando há dúvida, é quando ela quer que você a ame mais.
Ela não quer que você esteja sempre concordando com ela, ela quer que você a entenda, mas ela quer ser desafiada, empurrada, ser melhor, viver melhor, crescer. Ela quer que você se importe tanto que você nunca vai deixá-la vacilar em seus talentos ou não ter tudo o que ela merece...
Ela quer que você ame os seus defeitos, as partes dela que parecem não ser amáveis, ela quer que você a veja em seu pior, te frustrando e te fazendo colocar tudo para fora, e então pensar, “este é o único problema que eu quero ter.” Ela quer que você cole seu rosto na sua face, consumido por insegurança, palmas de suor, com medo de morrer e deixá-lo, ela quer que você olhe para ela com tanta intimidade que faça ela acreditar em relacionamentos duradouros novamente... É assim que ela quer ser amada.
Mesmo que ela esteja a milhões de quilômetros de distância, ela quer que você ainda sinta seu toque, seus lábios em sua pele, vendo seu olhar, olhando diretamente através de você, nas partes vulneráveis que você odeia. É assim que ela quer ser amada, e se você não pode amá-la assim, se você não pode amá-la quando ela não está presente com tanta certeza quanto você quando ela está ao seu lado, então ela não quer amar.
Ela não quer o seu dinheiro, ela não quer presentes luxuosos, ela quer sentir que namorar com ela não é o fim de sua liberdade, mas o começo dela, ela não quer se sentir como a pessoa que você está estabelecendo regras mas a pessoa que você está planejando cada aventura, cada sonho louco para o futuro, ela quer que você veja tudo isso nela, ela quer ser a primeira pessoa com quem você comemora, quando seus sonhos que se realizam, ela quer que você esteja ao seu lado, e se não for assim, ela não quer seu amor, porque é assim que ela quer ser amada, ela quer te inspirar para conseguir cada coisa que você quiser dessa vida.
Ela não quer só ver Netflix e fazer amor direto, ela quer sair para jogar, quer que você mergulhe na vida com ela, mas não porque ela está ali, porque é confortável, fácil, mas porque tudo é mais brilhante e melhor ao lado dela do que você jamais pensou que poderia ser.
Ela quer ser a garota que você fantasia, a menina que faz seu corpo inteiro ficar eletricamente excitado, ela quer que você faça amor com ela com tanta intimidade e paixão que faz seu corpo tremer como arrepios percorrendo sua espinha. E quando você olha para ela, ela não quer apenas que você veja a mulher que você quer envelhecer com ela e ter filhos, ela quer ser a razão pela qual você se sente vivo, a razão pela qual você ama a vida.
É assim que ela quer ser amada, mas nunca vai te pedir, e se voce não puder ama-la assim, ela não quer seu amor de jeito nenhum ... 

A pessoa certa

Não acredito em amor à primeira vista. Claro, já olhei para algumas pessoas e pensei: “Eu casaria com aquela pessoa”, mas no fundo eu sabia que era apenas atração física. Se o rosto fosse diferente oua blusa fosse outra, o meu encanto acabaria. A pessoa certa não é aquela que você olha e diz: “É ela!”. É preciso algo mais.
Colocar as expectativas de amor em alguém, sem antes ter passado por inúmeras situações com ela, é a forma mais fácil de quebrar a cara. É impossível saber se o abraço encaixa, o beijo completa e o olhar te compreende, sem haver experimentado. A questão é que a pessoa certa não é sobre ser, mas sobre tornar-se.
A pessoa certa precisa de tempo para construir-se. Nem sempre é quem você imagina ou gostaria inicialmente. Às vezes, é onde menos se espera que o amor acontece.
A pessoa certa nem sempre é do jeito que você sonhou. É alguém imperfeito. A pessoa certa muitas vezes é errada, mas é quem está aqui, se esforçando para fazer parte dos teus dias, tentando desvendar os teus medos e as tuas inseguranças. É quem faz questão de compartilhar o seu melhor e o seu melhor. Alguém real.
Num primeiro momento, ela pode não ser a pessoa mais bonita do mundo ou a mais agradável de todas, porque só conseguimos enxergar a verdadeira beleza de alguém depois que conhecemos as suas atitudes e o seu caráter. Convenhamos, não existe sensação melhor do que olhar ao teu lado e sentir que está com a pessoa mais linda do universo. Aliás, a pessoa certa não é aquela que se esconde, mas quem se deixa conhecer.
É alguém que ignora, que descarta todos os motivos pelos quais vocês não dariam certo e insiste em ficar. A pessoa que vê mais oportunidades do que dificuldades, que não coloca obstáculos na pista e substitui as pedras do caminho por um jardim de rosas.
É, inclusive, alguém meio teimoso por ti. Alguém que – nos piores momentos – te faz questionar porque ainda está aqui, podendo estar em qualquer outro lugar. É quem segura a tua mão, quando o mais fácil seria largá-la. A pessoa certa não é quem promete ficar, mas quem realmente fica.
A pessoa certa é aquela que tem maturidade para amar, que faz o possível para que o seu amor sempre vença. É quem valoriza os teus sorrisos e não se contenta em fazer parte da tua vida só de vez em quando. É quem está sempre contigo, ajudando-te no que você precisa.
É aquela que está ao teu lado quando você precisa de um abraço e quem te escuta quando você quer desabafar. É quem te doa o seu tempo e te dá a certeza de que você pode morar no coração dela sem preocupações. A pessoa certa te dá as respostas, antes mesmo que surjam as perguntas.
Você descobre essa pessoa quando deixa de idealizá-la. Você encontra esta pessoa quando deixa de buscá-la. Pois a pessoa certa não é aquela que você procura, mas sim aquela que decide te encontrar.

Descobri o amor

E ela entendeu que o amor vai além da troca de olhares, dos dedos entrelaçados. O amor é um toque na essência, um afago na alma que acalma todas as tuas tempestades. Ela gostava de sentir aquelas mãos leves sobre os teus ouvidos, pois aquele silêncio lhe trazia o barulho do mar.
Repousava, então, sobre a calmaria do sonho. Um sonho real. Os olhos estavam fechados, mas a alma se encontrava diante das pequenas ondas que se quebravam em poesia. Amava de olhos fechados, pois ocoração estava sempre aberto. O amor fez com que ela descobrisse que o calor a dois era melhor que o frio a sós. E, até então, aquela devia ser uma de tuas melhores descobertas. E se descobriu dos padrões, para se cobrir de amor. Aprendeu a não esperar, mas dar sem que ninguém pedisse. Sabia que o amor não era uma moeda de troca. Mas um presente que se dá sem olhar a quem.
Amou os detalhes no outro com os olhos do coração. Amou quando sentiu o coração disparar, quando a troca de olhares era, na verdade, um cumprimento de almas. E soube, naquele instante, que conhecia cada detalhe da pessoa que sentia amar antes mesmo de tocá-los.
Sem medo, entregou-se para aquele amor. Sabia que o amor era um salto sem paraquedas, e que a queda só acontece para quem teme a entrega. É preciso confiar. E confiar era um dos maiores desafios. Mas ela o venceu ao perceber o que realmente sentia. E deixara por escrito: “Eu sei de cada detalhe teu. Posso te descrever de trás pra frente, te reconhecer no escuro. Posso sentir a tua voz caso eu ficasse surda. Posso ouvir os teus passos caso eu não enxergasse.

Enquanto voce estiver comigo

Enquanto você estiver por perto seguiremos esse caminho e sei que não me sentirei garoto é a única pessoa que tira os meus pés do chão e não me deixa com medo de cair. Você é alguém que se importar comigo. Alguém que eu desejo estar perto sempre que possível. Que me liga no meio da noite só pra perguntar se está tudo bem. A minha melhor insônia.
Enquanto você estiver por perto sei que posso ser quem sou e não me importar se serei ou não aceita. Porque você me faz ter certezas. Você me abraça e me faz sentir protegida. Pois mesmo com motivos para ir, escolhe ficar.
Enquanto você estiver por perto não tenho medo do futuro, pois você me inclui em seus planos e me dá a segurança que eu preciso. Você é alguém que caminha comigo lado a lado. E você tem estado junto a mim na saúde e na doença, na alegria e na tristeza. Você não mede esforços para me ver bem.
Enquanto você estiver por perto sei que tenho alguém para contar os meus segredos. Porque você é alguém que me aceita e me ensina a ser uma pessoa melhor. Você me estende a mão, me respeita e me valoriza. E eu gosto dessa segurança que me passa.
Enquanto você estiver por perto sei que posso sonhar. Porque você me faz esquecer os problemas e me ensina que eu não posso coloca-los como prioridades em minha vida. Depois você senta comigo e me ajuda a resolver um por um. E eu amo o seu interesse em minha vida como um todo. Nem das minhas confusões você abre mão.
Enquanto você estiver por perto posso esquecer o passado. Pois você me ensinou que passado não é lugar de se viver. E tem me ensinado que é melhor viver de sonhos, dando passos largos sem deixar de morar no presente. E você é aquela surpresa boa, que chegou no momento em que eu mais precisava e que eu menos esperava.

Enquanto você estiver por perto sei que não preciso ter medo de me apaixonar. Por isso me apaixonei por você. Pelo seu olhar, seu cheiro, seu abraço e, não só pelas suas qualidades, mas também pelos seus defeitos. Porque com você aprendi que o amor não é apenas uma palavra, mas uma atitude com significado.
Obrigada por me amar. Por existir e me fazer existir. Obrigada por ficar ao meu lado, ter entrado em minha vida e por ter me ensinado a acreditar mais em mim mesma. Obrigada por ser honesto comigo, jogar sempre limpo e me fazer sorrir. Eu só espero que eu possa cuidar de você na mesma intensidade que cuida de mim. Eu só espero ser pra você, tudo o que você é pra mim. #Clevio

Completamente sua

Eu não sei bem o que sentir, mas ultimamente você está sendo meu ponto de paz, mesmo sem nenhum esforço teu. Eu ando te sentindo dentro de mim de uma forma estranhamente confusa, como há meses não sentia. Eu tenho procurado explicações pra tudo isso, talvez ninguém acredite em mim.. Mas eu sei que eu não te encontrei por um acaso. Eu vivo esperando o dia te ver, e ansiosamente o momento do teu olhar fixado no meu. Tal momento me deixa certa de que você não é como os outros caras, todos eles se tornam tão pequenos quando penso em você.Você me faz querer ser sua. Eu gosto tanto do teu sorriso, teu jeito ,  Gosto do som da tu voz, da tua maneira de se vestir, do teu jeito de andar.. E no que isso vai dar? E se vai dar? Bom, isso já é querer saber demais. Mas tenho certeza de que você não irá passar sem antes me fazer sentir completamente sua.

INDEPENDENTE DE QUALQUER COISA

Vai ser complicado, porém divertido. Vamos brigar por quase tudo, porque adoramos irritar um ao outro. Você vai querer ver um filme de terror e eu vou dizer que quero ver romance, só para contrariar, e quando você disser “tudo bem então”, eu vou dar uma gargalhada e cantarolar “brincadeirinha, bobo”. Você vai deixar a toalha molhada em cima da cama e quando eu ver, vou gritar seu nome. Quando você chegar no quarto, vou te dar um sermão, você vai rir e eu vou brincar de te bater com ela. A maior parte do guarda-roupa será minha, e se você discordar, te faço comprar um só pra mim, ou construir um closet, é, boa idéia. Vou inventar uma dieta radical, e você chegará do trabalho com uma caixa de bombom e um pote de sorvete, vou querer te matar, mas acabaremos, os dois, sentados no sofá com uma colher na mão e com a boca lambuzada. Vamos brigar pelo lado direito da cama, e discutiremos sobre quem é melhor jogando bola. Você começará a me contar sobre as suas ex- e a elogiá-las pra caramba, e quando conseguir me tirar do sério, vai me pegar no colo e me jogar na cama, me enchendo de cócegas e dizendo que fico linda com ciúmes. Teremos pelo menos uns 2 filhos, que obviamente vão ser super mimados por mim, o que causará mais discórdia ainda. Você e as crianças entrarão com os pés sujos de lama dentro de casa, me fazendo surtar e abrir um sorriso logo depois, ao ver uma flor na mão de cada um. No supermercado, você vai encher o carrinho de besteira, enquanto eu tento convencê-lo de levar coisas um pouco mais saudáveis. Vou fazer a sua comida favorita, mas não vou deixar que você diga que não gosta de algo sem nunca ter provado. Vamos brigar, dormir de costas um para o outro, e no meio da noite, vou sentir sua mão procurando a minha e vou te abraçar para nunca mais soltar. Seremos eu e você, pra sempre, independente de qualquer outra coisa.

De repente

O tempo parecia pouco e a gente se parecia muito.
Aprendi a lição mais importante que a vida tem a oferecer: tudo que temos é este instante. E este instante, apenas ele é importante. Se você olhar direitinho, poderá ver o amor em todo lugar.
Eu não sou amarga. É que a vida, ás vezes, rouba a nossa doçura. E alguém pode trazer de volta. E esse alguém vem acompanhado cheio de mãozinhas, sorrisos, abraços e beijos. E beliscões, mordidas e "amor voce é bruta viu ,".
Ela vai atirar a almofada toda vez que te ver sentada no sofá. Vai mandar você parar de ser chato e afins, mas ainda sim vai ser uma lady, uma princesa. Primeiro ela nao vai saber como te olhar, depois ela não vai parar de fitar seu olho com o dela. 
Tem uma menina, tem uma garota, tem uma mulher tudo em uma só. 
Nós vamos nos ver,  nós vamos conversar, sair juntos, provavelmente nos tocar - e de repente tudo pode realmente ser. Parar de sonhar. Começar a viver os sonhos.

Já parou pra pensar

Sabe qual é o grande problema dos relacionamentos hoje em dia? O mais problemão mesmo? É que as pessoas esquecem de se divertir. Se juntam, mas não se divertem. Ficam ao acaso. Ficam famintos de brigas por ciumes e facebook. Foda-se o facebook.
Esquentar com qualquer coisa e arranjar um quebra pau é tão facil, fazer o outro rir é tao dificil ja percebeu? Quando encontrar alguém que te faça rir todo dia, das mesmas bobagens, que inventa jeitos e trejeitos pra te arrancar uma risada - case-se com ela. A vida já é um tédio por si só, levantar, trabalhar, trabalhar, pagar contas... Se você não arranja alguém pra te tirar da rotina, alguém que te arranque uma gargalhada gostosa e essas coisas. Que te sequestre um final de semana pra ir á praia, á cabana, usar meias no sofá que seja... O problema dos casais de hoje em dia é que eles vão muito á lojas de móveis sem comprar nada e vão menos ao parque. É que eles vão muito no mercado discutir o que esta caro, ao invés de comprar um pote de sorvete só pra assistir um dvd qualquer. 
E se o bom humor vai embora, logo vai a confiança, a certeza... Criam-se dois velhos de 20 e tantos anos. Nao há amor que aguente. 
Ja parou pra pensar que o cara que te deixa sem graça, ama o teu sorriso? Ja parou pra pensar que o cara que rima a ultima palavra da sua frase com a frase seguinte dele é porque os pensamentos de vocês batem? Sim, esse cara acha que o som da sua risada invadindo o silêncio dele fica bonito. E quando vocês dois riem juntos, é o melhor momento do mundo. E que bom que esse momento se repete. Várias vezes por sinal.  
Que bom que é quando a gente ri assim, do nada e sem medo. Só pra fazer companhia.
Nem vi você chegar, foi como ser feliz de novo... Nem vi, você chegar. ♫


"Antes de envelhecer
Antes de se lembrar
Gosto de você, agora.
Quando você voltar pra casa, pequena
Não há tristeza que valha a pena." ♫

Eu não preciso , mas quero precisar

Eu não preciso de você. Não preciso. Não preciso para nada. Nem para acordar, para levantar, para trabalhar e muito menos para sobreviver. A minha vida não depende de você para seguir o seu rumo.

Eu não preciso. Mas quero precisar. Aliás, eu não preciso de você nem para pagar as minhas contas, mas preciso de você me acompanhando na fila do banco. Eu não preciso de você para trabalhar, mas preciso receber a sua ligação no decorrer do meu dia. Não preciso de você nem para fazer um café pela manhã, mas tomá-lo ao seu lado é o melhor da vida.

A minha cara de sono tem mais beleza se você puder olhá-la – e lembre-se – não preciso de você para dormir e nem para acordar. Não preciso de você para ser feliz. Mas a minha felicidade com você ao meu lado se completa.

Não preciso de você para esboçar um sorriso, ou dizer uma piada. Mas o meu sorriso com você se ilumina e a piada fica muito mais engraçada. As minhas músicas preferidas já existiam antes de você, nunca precisei de você para ouvi-las, mas depois da sua presença a melodia ficou mais bela e os solos da guitarra ficaram mais perfeitos.

Eu sei que eu não preciso. Também sei que o fato de eu não precisar e te querer sempre por perto é a demonstração do quanto você é essencial – não por uma questão de sobrevivência - mas por uma questão de amor.

Precisar de você eu não preciso. Mas querer precisar de você é a minha escolha.

Obrigado por existir

Queria dizer que eu gosto do jeito que você fala com as mãos, sorri com os olhos e vem chegando perto de mim como se fosse tudo tão natural. Queria dizer que você deixa meu coração quentinho e que eu adoro ficar olhando a curva do seu maxilar enquanto você conversa. Queria dizer mesmo que você me dá toda essa vontade de falar por horas e te ouvir por dias, de te abraçar até que as estrelas se apaguem. Ou sei lá. Queria que você soubesse que eu gosto do seu cheiro e que, às vezes, eu sorrio atravessando uma rua só de lembrar o tom da sua voz. Queria dizer que eu me imagino com você, criando nosso amor, em casa janela acesa de cada prédio por qual eu passo. E que eu pareço uma menininha boboca de 16 anos a cada sms. Só queria que você soubesse que eu não gosto de gente, mas eu gosto de você. E que se eu fico é por querer. Por querer você.

O silencio tem significados

Alguns silêncios falam. Gritam tão alto que são capazes de transmitir mais sentimentos que muitas palavras ditas ou escritas.
Traduzem o fim de um tempo, a indiferença natural ou forçada, a necessidade de ser notado ou esquecido.
Todo o silêncio tem um nome, tem um motivo. O silêncio pode ser sintoma de saudade, de “sinto a tua falta mas não há mais nada a ser dito”; ou um sintoma de mágoa: “fui ferido por ti, e em vez de me vingar com palavras, te dou  o meu silêncio”; ou pode ainda ser um sintoma de indiferença e frieza: “o meu silêncio é a prova de que a minha alma está tranquila e em paz longe de ti”.
Silêncios falam alto para quem espera por uma resposta. É a mensagem visualizada e não respondida mesmo passadas 72 horas, é o sumiço de alguém que costumava fazer barulho o tempo todo, é a falta daquela risada deliciosa, é a impossibilidade de ir atrás de alguém que não quer mais ser encontrado.
O silêncio é uma arma poderosa mesmo para quem não tem a consciência de estar numa batalha. Porque dentro do silêncio cabem inúmeras interpretações, e isso pode enlouquecer quem fica à espera de uma resposta, devido a todas as inquietações que isso provoca.
Mas também pode ser o empurrãozinho que faltava para aquele que espera virar o jogo. Porque ser tratado com silêncio demorado é viver enclausurado. E nesse momento talvez seja hora de descobrir que quem muito se esconde, uma hora deixa de ser lembrado.
O silêncio é necessário e carrega inúmeros significados. Mas também pode ser usado para ferir, e nesse caso é preciso ter cuidado.
Nem todo o mundo ama da maneira certa, e muita gente se apega aos amores rasos e errados. Há que se ter cuidado com o silêncio. Com o silêncio que provocamos ou que é provocado na nossa vida. E é preciso coragem para abandonar silêncios que ferem, pois o bom da vida é encontrar respostas no amor que damos.

A Carta que não escrevi

1960.
18:00 horas. No topo da colina. Ele e ela observam o Sol do final da tarde flertar com a grama, bem verde, e com seus corpos. Ela, de saia longa; ele, de jeans desbotado. Ele:
— Ia te mandar uma carta.
— Uma carta? Para quê? Te vejo todos os dias.
— Mas a carta não era sobre as coisas de todos os dias.
— Pois seria sobre o quê?
— Sobre amor — respondeu desinteressado, enquanto tentava fazer uma joaninha ficar parada em seu dedo.
— E o que você teria a dizer sobre amor? — respondeu num tom zombeteiro, quase que numa repreensão ao garoto, mais novo — Ainda mais numa carta! Virou poeta, foi?
— Não. Só queria falar sobre amor numa carta, ué. Fazer por querer.
— Pois não fez.
— Porque não quis!
— Arre, se acalma! Até parece que se ofende com qualquer besteira. Anda, olha pras nuvens, faz como eu — ela deitou-se na grama macia, levemente umedecida que dá no meio da primavera e abriu um pequeno sorriso — , gosto de imaginar o que tem nas nuvens.
— Não tenho paciência pra isso.
— Pois sempre teve.
— Pois hoje estou sem! Me deixe sozinho, se for para me irritar.
— Mas o quê! — ela sentou-se novamente, como quem perdia o ânimo para brincar de alguma coisa divertida — Todo este buchicho vem daquela carta, é? O que tem essa carta? Fala de uma vez.
— Não adianta te explicar. Por que você acha que eu não te escrevi?
— Porque você anda todo uó ultimamente. Acertei?
— Não. Eu não te escrevi porque não adianta te explicar.
— Você parece tão cabisbaixo, não gostei — ela respirou fundo — Olha, você sabe que eu não sou “dessas”, né meu bem?
— Sei bem…
— Isso foi pra me ofender? Olhe, se for pra descontar sua raiva em mim, eu sei o caminho para casa…
— Não, não, imagine. Desculpe. É que…
— É que o quê? Agora eu é que perdi meu bom-humor.
— É que de nada adianta eu falar de amor para uma pessoa que despreza o amor. É isso.
— Eu não desprezo o amor, só não acho que ele é tão importante assim.
— Então por que é que a gente se vê todo dia? Todo dia vemos o pôr do Sol, depois da aula. Por quê?
— Porque é legal.
— E é só isso? É legal? Todos os dias eu desço a rua da escola, passo pela estradinha de barro e sento aqui na colina, que fica perto da sua casa, pra você não se incomodar de voltar caminhando no escuro. Vemos o Sol, conversamos. Isso tudo é só legal?
— É muito legal! Era isso que você queria ouvir?
— Não… Olha… E se, amanhã, do nada, eu parasse de vir aqui?
— Por que você faria isso? Foi algo que eu te disse? Olhe, me desculpe, tá, acho melhor até a gente mudar de assunto…
— Não, não, é só uma suposição. Só uma hipótese. E se amanhã, do nada, você não me visse aqui sentado na colina, para as nossas conversas?
— Seria muito desagradável.
— Seria. Muito desagradável, realmente.
— Mas eu iria tentar descobrir onde é que você se meteu para não vir aqui.
— Mas suponha que você não me encontrasse em lugar algum.
— Você não está pensando em sumir do mapa de verdade, né? Está estranho.
— Não, não estou, calma . Só suponha.
— Bem, então eu pensaria que morreu. Ou coisa pior.
— Coisa pior? Pior que morrer?
— Claro! Poderia ser que você estivesse tentando me evitar. Ficaria muito mais chateada.
— Pensando bem, acho que eu também me sentiria pior se você estivesse me evitando.
— Pior do que se eu estivesse morta?
— Não, pior do que estar morto seria ter você me evitando.
— Sabia que você fala coisas muito bonitas?
— Ah, obrigado…
— Não, não fique desconcertado. Até porque as coisas que você fala são bonitas, mas você se justifica de um jeito… Mas não fique desconcertado, está bem?
— Tudo bem. Vou tentar.
— Olha, eu acho que você deveria me escrever.
— Como assim?
— Me escrever uma carta. Falando de amor.
O Sol se escondia no horizonte. A mão dele estava próxima da mão dela. Os corpos estavam próximos. Mas não se tocaram. Ambos orbitavam silenciosamente suas próprias consciências, ávidos por tinta no papel.

Qual o som do Silencio ?

Acordo, fisicamente ainda possuo os olhos fechados. Me invadem pensamentos de gratidão, satisfação e alegria. Não é uma manhã qualquer, é uma manhã especial.
Sonhos que se realizam, nesta manhã o meu barulho virou silêncio. Parei de gritar por socorro e ajuda. Parei de acordar com preocupações rotineiras.
– Meu Deus, que alivio ver a solução.
Suspiro de alivio.
São 6h da manhã e lá fora ainda se dorme, está tão calmo que posso ouvir o barulho das folhas, o carro que vai ou volta de algum lugar lá do outro lado da rua, bem longe.
Tenho o hábito de orar e o tilintar dos meus pensamentos são mais calmos a essa hora, minha concentração religiosa e mística é mais aguçada pela manhã.
Meu traje de hoje é naturalmente feliz. Olho para os meus pés e visualizo por tudo que andei para chegar aqui.
O silêncio da manhã me faz pensar, me conectar com o meu “EU” e penso na minha vida e o sentimento de gratidão me queima por dentro.
– Já era hora da sorte bater na minha porta.
Penso nas coisas que já passei, falei e fiz para chegar onde eu sempre quis. Penso que esse ainda não é o fim, esse é só o início.
– Já disse que estou feliz? Claro que já disse. (risos)
A sensação de agradecimento, de alivio é tão boa.
Pego na minha xícara de café e converso com Deus.
– Bom dia Deus, tudo bem? Não sei se o Senhor já se encontra acordado, ouvi dizer que Deus nunca dorme. Mas quero dizer, primeiro de tudo, muito obrigada.
(Silêncio) um gole no café quente.
– Continuando… abençoe o meu dia com seu amor, sua proteção e seu carinho. Que hoje seja o primeiro de muitos dias como esse de sucesso, realização, sorte e gratidão.
Novamente o silêncio por fora GRITA. Só se ouve o barulho do cantar do galo, o sol já apresenta alguns raios e o céu fica de uma cor inexplicavelmente rosa, laranja e azul. Não tem como não admirar esse nascer do dia.
O silêncio sempre me ajudou, naquelas horas mais complicadas lá do passado, me enfiava no chuveiro e só ouvia o barulho da água a cair na minha cabeça, o bater do meu coração, o afago do calor de uma banho quente, a minha respiração e meus pensamentos perturbados.
Sou feliz no meu silêncio, aqui agora é organizado e existe pastas para tudo, pastas para amigos, pastas para amores, pastas para alegrias, tristezas, sonhos, objetivos, pra tudo.
O silêncio hoje sorri para mim, de uma maneira que só posso sorrir para ele.

Seja heroi da sua historia

costuma-se dizer aquilo de que na vida só se tem dois finais: ser herói ou ser vítima. Porém, não é necessário chegar a estes sutis extremos.
Basta, simplesmente, ser você mesmo.
Agora, também sabemos que, às vezes, o desafio complicado de ser você mesmo se choca com os interesses dos demais.
A convivência não é fácil, mas, apesar das dificuldades e das possíveis desavenças, jamais devemos cair no abismo de ser vítimas de nossas próprias histórias, de nossos mapas pessoais.
Os golpes da vida são os que nos ensinam a ser resilientes. Se não somos capazes de dar voz às nossas necessidades e resposta aos nossos vazios, seremos como náufragos à deriva nestes mares tão complicados
Assim, lembre-se: seja sempre você mesmo. Seja herói da história que deseja contar aos outros no dia de amanhã.
Ser vítima é uma opção, mas não é o melhor caminho
As pessoas que atuam com amor e são destruídas apesar de sua nobreza.
Quando você deixa de ser protagonista de sua própria história
Esta realidade é muito comum. Pouco a pouco, as pessoas deixam de ser protagonistas de sua própria vida. Porém, o mais complexo é que o fazem por amor, por carinho aos demais.
alguns exemplos desta realidade:
– Começamos um relacionamento e damos tudo por ele.
– Temos uma família e nos entregamos a eles. Aos nossos filhos e nosso parceiro.
– Amamos aos que nos dão suas raízes. Nossos pais, irmãos…
– Percebemos, mas, em ocasiões, focamos toda a nossa energia, emoções, tempo e esforços nos demais até que, depois de alguns anos, descobrimos algo preocupante:
Os demais se acostumaram a nos ter sempre ao seu alcance. A qualquer hora e em qualquer momento.
Dão tudo por assentado, inclusive você. Não restam espaços pessoais, e você já não tem tempo para si mesma e no fim das contas, é vítima de suas próprias circunstâncias.
E você fez tudo por amor, mas o amor dos outros, às vezes, é egoísta e asfixia.
Você é vítima, mas pode vestir sua armadura e deixar de ser
Você é vítima da falta de respeito, de reconhecimento. É vítima da ausência de afeto, de palavras amáveis. Avança olhando ao seu redor esperando algo. Anseia por consolo, apoio, abraços e um “obrigada por tudo que você faz por mim”.
Se for isso o que você sente nestes mesmos momentos, é hora de reagir.
As vítimas têm uma vantagem: sabem o que é a dor e o sofrimento em silêncio. O positivo de tudo isso é que você é consciente do que não quer.
Conhecer cara a cara nossos demônios nos ajuda a identificá-los muito melhor.
– Se você souber o que não quer em sua vida, exija o que precisa.
– Vista uma armadura nova. Não se trata absolutamente de empunhar uma espada e romper com tudo. Não é preciso cortar vínculos, relações e esses contextos nos que habitamos.
– O bom guerreiro é sábio e tem voz. Coloca limites. Deixa claro que os ama, mas quem ama também merece dignidade.
– Lute por seus espaços. Defenda esses instantes só para você, nos quais pode descansar e se desconectar.
– Se lhe pedirem um favor, não é preciso que, mais tarde, exija que o devolvam. O que você pede é reconhecimento: o faz por afeto e o afeto não deve se humilhar, muito menos se dar por assentado.
Para deixar de ser vítima nada melhor do que sentarmos e escrevermos em uma folha nossa própria lei. Faça uma lista de coisas que você não permitirá mais. Este deve ser seu código pessoal a partir de agora.
Transforme-se no herói de sua própria história.